Camarim da Santa Ephigênia

4 jun

ruina.jpg 

Segundo desfile do dia (04), a Santa Ephigênia levou o povo para o Parque das Ruínas, em Santa Tereza. O lugar é o que restou da residência da mecenas do começo do século passado, Laurinda Santos Lobo. Ela costuma reunir a nata intelectual e artística em saraus históricos, em que a dançarina Isadora Duncan dançou.

 dscn0639.jpg

Os estilistas Marco Maia e Luciano Canale explicaram nos camarins (sim, chega de falar backstage, nhé?) que a ins-piração era a chegada da Família Real Portuguesa no Brasil e Carlota Joaquina.

dscn0637.jpg 

Cabeças e makes de Ricardo dos Anjos foram bem originais e divertidos. A coleção tem muito linha Império, muito vestido greco-romano de um ombro só, plissados e mais plissados.

O que é bom da marca é o humor que eles tratam uma roupa de festa, que se pretende glamurosa, mas que a história colou. Sentado num setor de clientes, elas exclamavam o desfile inteiro: Ah! Que maravilha! Ah! Que luxo! Vou levar este modelo para Saint Tropez!

dscn0657.jpg

Ricardo Oliveros / Fora de Moda

Anúncios

Uma resposta to “Camarim da Santa Ephigênia”

Trackbacks/Pingbacks

  1. 1 minuto de silêncio para Marco Maia « fora de moda - 22 de outubro de 2007

    […] A última coleção da dupla foi inspirada na Família Real Portuguesa. Estive no camarim com a dupla e fiz a matéria para o BlogView. […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: