Makeup

16 jul

adam_makeup_1.jpg

LUIGI DIZ: Estava andando com a minha irmã aqui por Toronto esses dias, quando ela disse que precisava comprar maquiagem, que já sabia onde era a loja que ela queria ir e tudo mais. Daí virei para ela e falei: “Ótimo, vamos lá que também preciso ver umas coisas para mim”, achando que ela ficar super passada – afinal, ela com seus 15 aninhos ainda é bem careta em alguns aspectos. Mas para minha surpresa, ela disse: “Tá bom! Sabia que todos meus amigos também usam?”

No fim quem ficou passado fui eu. Estudei na mesma escola dela – no Porto Seguro, para quem possa interessar – e me lembro direitinho de como eram a maioria dos meninos de 15 anos na época. Super mauricinhos, quadrados até o talo, repudiando qualquer excentricidade – para não dizer esquisitice – a mais. Mas os tempos mudam, não é mesmo? Agora os garotos de 14 ou 15 anos estão usando bases e corretivos para cobrir imperfeições, fazendo hidratação nos cabelos e até pilling para diminuir as espinhas.

Acho que o careta da história sou eu. Se pararmos para pensar, há anos atrás, pensar num homem furando a orelha era praticamente um absurdo e hoje é quase que uma banalidade. Então, por que com o make seria diferente? Desde que a cultura do metrosexual – odeio esse rótulo, mas enfim… – ganhou relevância, o tão chamado grooming – ato de se cuidar literalmente, tratamentos capilares, cuidados com a pele e maquiagem – vêm ganhando cada vez mais adeptos.

Segundo uma matéria publicada na revista Forbes, 4,8 milhões de dólares foram gastos com produtos de beleza exclusivos para homens nos EUA, o que corresponde à um aumento de 42% comparado às vendas de 2001. E ainda que não seja o mais comum entre os produtos de beleza e cuidados para pele, a maquiagem para os homens vem experimentando uma constante popularização.

Então, quando chegamos na loja resolvi ir conversar com uma das vendedoras sobre o assunto. Apesar da loja – M.A.C – não ter produtos especialmente masculinos, Claire, a vendedora disse que sempre atende clientes homens, “aparentemente não gays”, como ela mesmo disse, em busca de produtos para corrigir imperfeições, esconder espinhas ou diminuir a oleosidade da pela.

Ok, então os homens estão mais preocupados com camuflagem e correções do que parecerem bronzeados, ou com uma corzinha extra na pele, certo? “Exatamente, o que mais escuto por aqui, é ‘quero usar alguma coisa que não deixe claro que estou usando maquiagem’”, conta Claire.

E foi justamente sentindo essa demanda do mercado que Lee Gilbert, fundou em 2004 a marca KenMen, totalmente dedicada à produtos de beleza para homens. Lá tem desde pós coloridos, à delineadores, bases e corretivos, alem dos mais básicos produtos para cuidados com a pele.

O mais legal da KenMen, é que no seu site, além de uma das melhores e-stores da área, tem várias informações bem didáticas de como e o que usar, de acordo com cada tipo de pele e objetivo. Afinal, como a própria Lee Gilbert, disse, “os homens estão mesmo interessados em informação”.

Anúncios

6 Respostas to “Makeup”

  1. matheus 16 de julho de 2007 às 5:07 pm #

    eu acho ótimo isso, homens sempre (sempre mesmo) se preocuparam com a estética, mas existia (ou existe) um tabu sobre revelar isso ou “exagerar”, Hoje em dia isso está sendo quebrado e dando aos homens liberdade para serem eles mesmos.

  2. matheus 16 de julho de 2007 às 5:08 pm #

    ahh esqueci de dizer que estou aodrando teus textos 😀

  3. bernardo 17 de julho de 2007 às 3:54 am #

    ótimo blog, tenho lido com certa frequência!!
    parabéns pelo excelente trabalho. 🙂

  4. Glauco Sabino 17 de julho de 2007 às 6:38 am #

    Quebrados até a segunda ordem… Eu concordo que há sim uma tendência maior do homem se cuidar hoje em dia (estamos cansado de ouvir isso, né? rs). Mas essa coisa de maquiagem, acredito eu, é restrito à uma parcela muy pequena da sociedade, principlamente no Brasil. Enfim, os brasileiros estão looonge de se aproximarem dos canadenses nesses quesitos. Talvez, daqui uns anos – quando essa geração emo, que adora uma maquiagem, crescer – a coisa fique mais aceitável… hehehe.

  5. dusinfernus 18 de julho de 2007 às 1:42 am #

    tá uma loucura, ate´eu que nunca me rpeocupei com maquiagem estou aderindo a causa com muito rogulho

Trackbacks/Pingbacks

  1. Cheiro bom « . ABOUT FASHION . - 26 de julho de 2007

    […] Minha coluna da semana passada no BlogView foi sobre maquiagem para homens. Lá além dos produtos em si, acabei falando bem rapidinho sobre […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: