Vulgaridade ou sensualidade?

18 jul

bebel.jpg

GLAUCO DIZ: Ela tem “catiguria” e gosta de homem de “cueca maneira”. A prostituta Bebel, interpretada pela atriz Camila Pitanga na novela Paraíso Tropical está, digamos, na boca do povo. E seu estilo, do tipo “tudo ao mesmo tempo agora”, misturando a moda de Copacabana, a cultura do funk (lembrei do livro Meninas do Brasil, citado pela Oficina alguns posts atrás) e a perua das oncinhas, paetês e muito brilho, certamente tem tudo para ser um hit do próximo verão. Quer uma pequena prova? O portal de notícias da Globo, o G1, deu uma matéria no dia 3 de julho falando do sucesso do famoso body “engana mamãe”, muito popular nos anos 60 por ter uma cara comportada na frente, tipo um maiô e ousada atrás, como um biquíni. A reportagem conta o caso de uma grife da zona sul carioca que viu seus modelos – R$ 240, em média – se esgotarem após a atriz aparecer com um exemplar de oncinha na novela. A mesma matéria traz também uma série de depoimentos de mulheres, dos 27 aos 57 anos (!!!) que se declararam mega felizes com suas aquisições “pra lá de sexies”. E não é só nas ruas que esse modelo faz e ainda vai fazer bastante sucesso.

engana.jpg

Os maiôs engana-mamãe de Bebel

Nas passarelas pude observar muitos maiôs, macacões e até vestidos utilizando a mesma idéia. Aliás, isso só me trouxe uma dúvida: Bebel influencia a moda verão 2008 ou é a moda verão  2008 que influencia Bebel? Enquanto não descubro a resposta (digam vocês!), uma coisa eu tenho certeza: não existe passarela maior que a novela das oito.

passarela1.jpg

Da esq. para a dir.: Água de Coco, Cia. Marítima, Poko Pano e Blue Man

passarela2.jpg

Da esq. para a dir.: Zoomp, Reinaldo Lourenço, Colcci, Triton e Cia. Marítima

Enfim, essa moda sexy com megadecotes, muito brilho, lurex, microssaias e salto altão, essa moda com um “pé na piranhice” (sem preconceitos, hein gente?) é bem provável que aconteça…. para a tristeza de alguns elegantes que conheço. Por falar em elegantes, lembrei de uma entrevista que o estilista brasileiro Francisco Costa, da Calvin Klein, concedeu à Folha. Quando perguntado sobre o que ele gostava e o que não gostava no estilo das brasileiras, respondeu: “Existem pessoas chiquérrimas no Brasil. Mas existe uma atração muito grande pela vulgaridade – não só aí, mas em todo mundo -, devido a uma série de fatores, inclusive econômicos. Tenho pavor de barriga de fora, por exemplo”. Pois é, Costa, a Bebel acabou trazendo à tona exatamente essa moda com um pé na vulgaridade. Ouso até dizer uma moda de rua autêntica, bem brasileira. E o engraçado é que enquanto Bebel toma aulas para se tornar uma moça chique, as chiques de carteirinha estão no caminho inverso. Todas querem ser Bebel.

Pós-post: o que separa a vulgaridade da sensualidade?

Anúncios

16 Respostas to “Vulgaridade ou sensualidade?”

  1. Luigi 18 de julho de 2007 às 8:27 pm #

    Arrasou!!!
    Eu acho que é a Bebel (as novelas) que influenciam a moda e o jeito do brasileiro se vestir. Isso é uma coisa que sempre acontece cada vez que troca a novela. Lembra quando teve aquela da grécia? Todo mundo começou a usar aqueles vestidos tomara-que-caia longos bem soltinhos, igual ao da menina da novela que eu não lembro o nome.

  2. matheus 19 de julho de 2007 às 12:01 am #

    a vulgaridade é justamente o exagero da sensualidade.
    VOcê pode muito bem ser sensual sem etá com a barriga de fora, a sensualidade vem pra mostrar o femisnismo, a elegancia.

  3. Biti Averbach 19 de julho de 2007 às 12:38 am #

    Uma vez entrevistei o Bob Wolfenson sobre essa questão do sexy. Ele me disse que o sexy não tem nada a ver com o bom gosto. E concordo com isso, num certo nível. O que estimula sexualmente não é o bonito, o certinho, o controlado, o bom gosto.

    É claro que qdo vc fala de moda, as coisas são diferentes. E a linha entre vulvaridade e sensualidade, acho eu, depende de quem usa e de quem vê! O terreno é pantanoso e não existe consenso, cada um tem sua opinião.

    Imagine a Bebel usando um Versace. Agora iamgine a Madonna. Agora a Nicole Kidman. É isso.

    Eu concordo com o Francisco Costa: odeio barriga de fora. Top de Lycra, então! Maiô-engana-mamãe, pavoroso! Não favorece ninguém.

  4. Glauco Sabino 19 de julho de 2007 às 1:24 am #

    A Fer, da Aficina de estilo mandou isso pro meu e-mail:

    ó quem apareceu hoje de bebel, especialmente pra vc!
    http://www.celebwarship.com/wp/?p=3508
    =)

    Coloquei aqui, tá Fer? rs

  5. Julia 19 de julho de 2007 às 5:37 pm #

    “Bebel influencia a moda verão 2008 ou é a moda verão 2008 que influencia Bebel?”
    Acho q a moda verão 2008 q influencia a Bebel…
    ou será que a Bebel influenciou o verão europeu 2007, q é tão ahm… “homenageado” no nosso verão brasileiro? (e no nosso inverno tb…)

  6. forademoda 19 de julho de 2007 às 8:28 pm #

    Tem uma coisa que venho pensando sobre o próximo Verão que é a quantidade de marcas fazendo urban beachwear. Lembro que o começo da Neon, eles faziam somente maiôs, que não eram exatamente para usar na praia. Um monte de amigas descoladas começaram a usar estas peças com calça jeans e eu sempre gostei. Concordo com a Biti, tudo depende da atitude de quem usa.

  7. Luciene 20 de julho de 2007 às 3:01 am #

    Onde foi mesmo que li “a roupa prepara a nudez”? Já vou lembrar, mas nudez = sexo, não é? E Freud sempre tem razão… Mas, voltando à questão, achei demais o que Bob Wolfenson disse. Ainda não havia pensado dessa maneira… Muito boa toda a discussão e o tema original. Congrats to all folks!

  8. r.filgueira 20 de julho de 2007 às 12:14 pm #

    gostam de ser a mais puta de todas as senhoras… enfim vulgaridades

  9. ellen 9 de outubro de 2007 às 7:45 pm #

    nossa tente muidar mais o modelo dos maios pq ta meio esquiçito tente colocar umas rosas um bombos q irão ficar lindos

  10. Solange Ferraz 8 de novembro de 2007 às 5:26 pm #

    “Sensualidade é tudo que a mulher tem de mais precioso”.

    Gostaria muito de ter a foto de Camila Pitanga no vestido Amarelo longo que ela usou no capitulo do dia 25/09/07.
    Aguando ansiosa!

Trackbacks/Pingbacks

  1. A TV e a Moda Brasileira « . ABOUT FASHION . - 2 de agosto de 2007

    […] ou leu que aqui no Brasil que dita tendências são as novelas. O assunto foi até tema de uma das colunas do Glacuo, lá no BlogView, e sei que também foi discutido no último encontro Tendências Contemporâneas, organizado pela […]

  2. Arena da Moda « BlogView - 2 de agosto de 2007

    […] ou leu que aqui no Brasil quem dita tendências são as novelas. O assunto foi até tema de uma das colunas do Glacuo, aqui no BlogView, e sei que também foi discutido no último encontro Tendências Contemporâneas, organizado pela […]

  3. MODA E PROSTITUIÇÃO « BlogView - 21 de setembro de 2007

    […] Glauco e as meninas da Oficina de Estilo já escreveram aqui no Blogview sobre o estilo da Bebel, a garota de programa interpretada por Camila Pitanga na novela das 8, “Paraíso Tropical” e sua grande influência nas mulheres da vida real. Uma situação paradoxal, é engraçado pensar que muitas mulheres que condenam a prostituição hoje estão copiando o estilo de uma puta! […]

  4. MODA E PROSTITUIÇÃO « BlogView - 21 de setembro de 2007

    […] Glauco e as meninas da Oficina de Estilo já escreveram aqui no Blogview sobre o estilo da Bebel, a garota de programa interpretada por Camila Pitanga na novela das 8, “Paraíso Tropical” e sua grande influência nas mulheres da vida real. Ua situação paradoxal, é engraçado pensar que muitas mulheres que condenam a prostituição hoje estão copiando o estilo de uma puta! […]

  5. Meninas adultas « BlogView - 27 de outubro de 2007

    […] possível explicação, de outras inúmeras, da tão comentada falta de elegância ou, melhor, do excessivo apelo sexual na composição do visual da mulher brasileira (não estou generalizando, tá?). Uniforme já nessas […]

  6. BLOGVIEW REVISITED: MODA E PROSTITUIÇÃO « dus*****infernus - 5 de maio de 2008

    […] Glauco e as meninas da Oficina de Estilo já escreveram aqui no Blogview sobre o estilo da Bebel, a garota de programa interpretada por Camila Pitanga na novela das 8, “Paraíso Tropical” e sua grande influência nas mulheres da vida real. Ua situação paradoxal, é engraçado pensar que muitas mulheres que condenam a prostituição hoje estão copiando o estilo de uma puta! […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: