Planejando moda e meme literário

8 out

LUIGI DIZ: Aconteceu neste fim de semana (6 e 7 de outubro) o primeiro Fórum Escola São Paulo de Criação e Tendências na Moda, para o inverno 2008. Sábado (06/10) assisti as exposições seguidas de debates de Paulo Borges, Maria José de Carvalho e Alexandre Herchcovitch. Muitos temas foram abordados por cada um dos convidados, como a urgência de uma política de desenvolvimento de qualidade e eficaz para moda e design, a pulverização das micro tendências em detrimento à individualização do estilo – tanto por parte do estilista, como do consumidor – e dos grupos financeiros ou gestores que recentemente começaram a tomar notoriedade no Brasil.

Os mais interessados e próximos da moda com certeza já os conhecessem. Em todo caso, são empresas privadas que passam fazer todo um planejamento de gestão para marcas geralmente com a finalidade de torná-la um grife global, explorar ao máximo seu nicho de mercado e, lógico, lucrar mais. Com certeza muitos já devem ter ouvido o nome de alguns dos principais grupos de moda (empresas gestoras) como a PPR, que possui entre outros, a Gucci, YSL e Balenciaga, a LVMH com a Louis Vuitton, Marc Jacobs, Kenzo e outras grifes – o grupo também atua em diversos outros setores do mercado de luxo – e a Premira que adquiriu recentemente o Grupo Valentino.

Aqui no Brasil, talvez o grupo mais conhecido seja a AMC Têxtil, de Santa Catarina, e o recém formado grupo Zoomp, do qual Alexandre Herchcovitch é diretor criativo.

Hoje em dia o mercado de moda tomou proporções jamais imaginadas. Muito mais que o “glamour” das semanas de moda, do que criações e fantasia, a moda é agora, antes de mais nada, um negócio. “Com grupos financeiros entrando no mundo da moda, fica cada vez mais calor que moda é negócio”, afirmou Paulo Borges.

E num mundo tão competitivo, só quem possuir um forte planejamento e gestão conseguirá ter sucesso. “É o único mio de sobreviver”, disse Alexandre Herchcovitch. E por mais cruel que seja a afirmação é a realidade. Atualmente, dificilmente uma marca nova e independente conseguirá atingir grande visibilidade sem se afiliar à um desses grupos.

Mas nem sempre esse casamento dura a vida toda. Um exemplo internacional é a marca de calçados Bruno Magli, que após ser comprada pelo grupo Opera não rendeu os lucros esperados. Outro grande problema é quando a grife adquirida tem sem diretor criativo ou estilista substituído, como foi o caso da marca Sommer aqui no Brasil. Em casos como estes, a necessidade de haver uma continuidade na identidade da marca é essencial. Coisa que não aconteceu no exemplo citado.

Manter tal identidade parece ser a preocupação principal do grupo Zoomp, que pretende adquirir algumas marcas complementares, com potencial de crescimento.

Outro fator que deve ser analisado com muito cuidado é o que tange à liberdade de criação e expressão do estilista. Muita vezes o foco excessivo nos lucros acaba pasteurizando de mais as coleções, deixando-as sem o frescor de inovações e até carência de informação de moda de qualidade.

Agora o Meme Literário

Foi me passado pelo Oliveros o convite de participar do meme literário. Como todo mundo já deve estar sabendo o tema é os cinco livros mais importantes da minha vida.

Devo confessar que entrei numa mini crise quando recebi o convite, porque sempre fui de ler mais revistas (pencas de revistas), jornais ou matérias, do que livros mesmo. Mas mesmo assim consegui fazer minha listinha:

1o O Império do Efêmero, de Gilles Lipovetski – foi o primeiro livro que li sobre moda e acho que devia ser o de todo mundo. Digo isso porque o autor vai além da roupa, do indústria e do meio da moda. Estuda todo impacto da moda na sociedade da modernidade à pós-modernidade e em diferentes áreas, além de dar um bom parâmetro sobre a história da moda.

2o Ensaio Sobre a Cegueira, José Saramago – começa que sou meio fã do autor, segundo porque o livro de um jeito bem peculiar sobre como vivemos em sociedade e de certo modo, como imagens afetam nossa vida.

3o À Sangue Frio, Trueman Capote – além de uma aula de jornalismo – ok, sem muito ética, mas ainda assim… – tem uma história incrível.

4o Raízes do Brasil, Sérgio Buarque de Holanda – indispensável para entender praticamente tudo que acontece com e na sociedade brasileira hoje.

5o Uma História Social da Mídia, Asa Briggs e Peter Burke – ótimo para entender todo o processo midiático, de sua origem até hoje.

Anúncios

6 Respostas to “Planejando moda e meme literário”

  1. forademoda 8 de outubro de 2007 às 8:47 pm #

    Ensaio Sobre a Cegueira tembém estava na minha lista, tive que cortar, por causa dos “critérios”….

  2. Glauco Sabino 8 de outubro de 2007 às 10:59 pm #

    Ah, sacanagem… Ensaio sobre a cegueira tbm tava na minha. Hahahahaha

  3. beta germano 12 de outubro de 2007 às 8:07 pm #

    Realmente não há duvida de que moda é mercado e quem é só artista não sobrevive! Já estava pensando sobre isso há um tempo e jaja publico um post no jaune sobre os brasileiros que conseguem viver bem no mercado de moda sem abrir mão de sua veia artística. Alexandre Herchcovitch sem dúvida é o maior exemplo de estilista que explora bem sua imagem…até caderno o homem fez ( eu tinha!)

    Quanto aos livros…concordo que o Ensaio sobre a cegueira é ótimo, mas o Lipovetsk é meu chouchou! Quero ser igual a ele quando crescer! Hehe

    eu tb citaria Modos e Modas do Gilberto Freire e Observatório de sinais do Dario Caldas

Trackbacks/Pingbacks

  1. Coluna de Segunda no BlogView « . ABOUT FASHION . - 8 de outubro de 2007

    […] de Segunda no BlogView Já está no ar a coluna desta segunda no BlogView. O tema de hoje é os grupos de moda. Aquelas empresas, como o grupo Zoomp, ou a LVMH, responsável […]

  2. . ABOUT FASHION . » Herchcovitch vende sua marca para holding IM - 3 de janeiro de 2008

    […] Graças aos investimentos da IM, a nova coleção do estilista irá conter 700 itens, ao invés dos habituais 250, também há planos para uma loja em Nova Iorque, no molde da inaugurada ano passado em Tóquio e também novas lojas aqui em São Paulo. Aqui tem mais sobre todo esse assunto de grupos gestores na moda, e principalmente no Brasil. […]

  3. Oficina de Estilo » Blog Archive » cinco livros preferidos (nesse momento!) - 19 de maio de 2008

    […] de cinco livros que foram importantes nas nossas vidas. O Oliveros em si já postou a dele, o Luigi também fez e ao longo da semana todo mundo que escreve no BlogView vai fazer também. No fim a gente vai ter […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: