Os microgrupos definem moda?

14 out

spencer.jpg

Spencer Tunick, Santa Maria da Feira (Portugal), 2003

OLIVEROS DIZ: Esta semana no Tendências Contemporâneas falamos mais uma vez da morte das tendências na moda ou como postou a Oficina de Estilo o que temos são micro e mini tendências.

Eu fiquei pensando que uma das boas coisas que a revolução tecnológica trouxe a tona foi a capacidade do maior número de pessoas se comunicarem e deixarem seus papéis passivos de receptores de informação para se tornarem agentes da comunicação.

O números de redes virtuais, comunidades, blogs, começam a surtir efeitos no mercado, incluso o da moda. Vivemos mais do que nunca cercados de telas móveis: televisão, computadores, laptops e mais do que nunca, os celulares deixam de ser apenas aparelhos transmissores do padrão oral, para ser também um difusor de imagens e palavras.

O Brasil é um fenômeno de comunicação. Nosso país é o segundo nos rankings de uso de ferramentas como fotologs, orkut e blogs, apesar de todas as diferenças sociais que enfrentamos.

O mercado que sempre é muito “sensível” as mudanças de comportamento vêm há anos desenvolvendo recursos para chegar ao seu consumidor final. Marketing direto, personalização, interatividade são as palavras chaves que respondem a este processo de fragmentação social cada vez mais evidente.

Do momento que acordamos até o momento que vamos dormir, aceitamos e assumimos os mais diferentes papéis sociais. Um exemplo vago: a secretária executiva que usa tailler de dia, pode freqüentar a academia com seus leggings e shorts de lycra vibrante e ser a gatinha de microshorts e sandália alta na boate.

Os comportamentos sociais ainda tem certas regrinhas básicas, mas cada vez mais são flexíveis, dependendo do grau de socialização que você tem. Ou seja, quanto mais você freqüenta diferentes atividades sócio-culturais, mais flexibilidade na hora de se vestir e opções você terá ao seu dispor. É o que a Antropologia Cultural chama de “forma lúdica da socialização”.

As tribos de ontem, os microgrupos de hoje têm características como a flexibilidade, a mobilidade, a experiência compartilhada, o lado emocional, o sentimento de coletivo, que você revive dentro de cada grupo que você escolhe para conviver. E o melhor, sem ter que ser fiel a nenhum deles.

Já reparou na quantidade de grupos específicos existem no espaço virtual… É isso, cadavez mais o mercado da moda terá opções diversificadas para você, tipo “mulher-de-trinta-com-cara-de-vinte-e-poucos-anos-independente-sensível-urbana-que-curte-nadar-dançar-e-ficar-em-casa-de-vez-em-quando-comendo-brigadeiro-de-colher.

Duvida? Já viu a lista de “tendências” publicada pelo Alcino Leite na sua coluna “Última Moda”? Tem para todos os gostos, ocasiões e possibilidades que você procura. E isso não quer dizer, que se você decidir, em 2008, usar bolsas grandes, jeans e camiseta, estará fora de moda. É só encontrar seu grupo: eu-amo-bolsas-grandes-jeans-e-camiseta, entendeu?

TENDÊNCIAS PRIMAVERA-VERÃO 2008

Conheça algumas das principais propostas que apareceram nos desfiles das semanas de moda de Nova York, Milão e Paris Calças
Principalmente as pantalonas largonas, de bocas gigantes. A opção são os modelos justíssimos

Lingerie e pijamas
O underwear se insinuou muito nas coleções, assumindo versões chiques ou formas provocadoras

Sandálias
Baixas, tipo hippie e franciscano, ou altas, estilo gladiador, bem coloridas

Cores
Fortes, como o laranja e variações de violeta, rosa e azul; o preto como contraponto

Estampas
À vontade, mas principalmente com motivos florais e étnicos

Formas
Saias e vestidos curtos ou bem longos, evasês, fartos de tecidos e dobras -tudo confortável e vaporoso

Imagens
Foi a estação do romantismo, do superfeminino, do estilo descontraído e marcante

Transparências e franjas
Para dar leveza à silhueta e criar sutilezas e sensação de liberdade

Masculino
Tanto para detalhes (como um colete) quanto para looks totais (como a forma-smoking); ombros impositivos

Bolsas
Tamanhos médios ou pequenos. A novidade foi a bolsinha presa no calcanhar, da Chanel

Anúncios

6 Respostas to “Os microgrupos definem moda?”

  1. Oficina de Estilo 15 de outubro de 2007 às 7:35 am #

    a-mei a lista de características das “tribos de ontem/microgrupos de hoje”. de novo, dava uma tese!
    (saudades!)
    =)

  2. jovemdama 15 de outubro de 2007 às 12:35 pm #

    propus aos meus alunos de desenho de moda que desenhassem uma mini-coleção… que saia-justa que é explicaro que são esses microgrupos, que idade não define público-alvo… Complica? Não sei, acho mais fácil, mas tem que se desprender do livrinho de regras.

  3. forademoda 15 de outubro de 2007 às 1:08 pm #

    Olá Jovem Dama, também ninguém disse que era fácil, já que o mundo contemporâneo não é tão simples assim, também. De qualquer forma, essa democratização do estilo pode muito bem desafiar regras, propor novos caminhos, não acha?

  4. namidiacom 25 de outubro de 2007 às 10:18 pm #

    querido, bom ler aqui o que discutimos lá. assim consigo fechar, concluir o pensamento. um puta desafio pela frente as marcas têm. afinal vão ter que saber direitinho pra qual público estão falando. pq vai ser difícil atirar pra tudo quanto é lado. muita coisa pra rolar, quebrar, descobrir.

    ah, adorei os croquis lá de cima! acho que conheço – rs…

    beijos saudosos

Trackbacks/Pingbacks

  1. Coluna de domingo no Blog View « fora de moda - 14 de outubro de 2007

    […] de domingo no Blog View Olás, hoje resolvi falar sobre a importância dos microgrupos na moda. Vai lá, comente, […]

  2. Qual será o produto do momento? « Karapanã - 17 de outubro de 2007

    […] do momento? O natural hoje é falar da “morte de tendências”, como tenho visto nos blogs que falam sobre vestuário e moda. Ou seja, dizem que não é mais possível definir os padrões de […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: